ARAPUTANGA: Vereadora Sandra conta que bandidos queriam roubar três caminhonetes

Por: Sebastião Amorim

A vereadora Sandra Ferreira Lopes, conhecida como Sandra das Botas viveu uma experiência, da qual não deve esquecer em sua vida.

Após a Audiência Pública realizada na Câmara Municipal, na noite de ontem, conversava com o também vereador Luiz Seixas, na Rua, em frente à Sede do Poder Legislativo, quando ambos os vereadores foram abordados por ladrões que roubaram a caminhonete do vereador Seixas.

Ocorre, que além da caminhonete, os dois vereadores foram levados durante o roubo (no veículo do vereador); outras duas pessoas, um homem de nome Adão de 36 anos e o filho do vereador Seixas, de nove anos, foram levados como reféns.

Por volta de 09h30min da manhã de hoje, a reportagem encontrou ambos os vereadores na Delegacia de Polícia Civil de Araputanga, onde sob estado de choque entrevistamos a vereadora.

Ela disse que os ladrões levaram pertences pessoais dela, como brinco, celular, perfumes e R$400,00 em reais em dinheiro, que estavam em sua  bolsa; tudo foi levado bandidos.

De acordo com a vereadora, tudo pode ter ocorrido por causa dela, “Os bandidos disseram que é por causa da loira”. Com o emocional abalado e com os pés cheios de bolhas (quando foram soltos, a vereadora disse que o grupo liberto pelos ladrões andaram (correram), muito, por cerca de 12km durante a madrugada), a vereadora contou que pediu a intercessão de Nossa Senhora Aparecida e, agradeceu à Deus por ter salvo a vida de todos.

BANDIDOS QUERIAM TRÊS VEÍCULOS

Apesar de ter viajado o tempo todo com um revólver apontado no nível de sua cintura, relato do vereador Seixas, informa que os bandidos  agiram com calma e não tiveram atitude de violência contra os sequestrados.

Apesar do aparente clima de tranquilidade durante a viagem, a vereadora, cuja família já sofreu assalto na Comunidade das Botas, revelou que está em pânico.

Polícia Imprimir